quarta-feira, 18 de julho de 2018

REMUNERAÇÃO QUESTIONÁVEL NO CONCURSO DA PREFEITURA DE BASTOS SP



Por Alex Salustino

Que baixos salários para bibliotecários existem nos diversos setores de atuação não se nega, mas as barreiras dessa aceitação precisam ser rompidas e isso acontece se nos posicionarmos contra!

Num grupo de bibliotecários no facebook uma colega questionava o edital do Concurso da Prefeitura de Bastos SP que contém o seguinte:


Não será novidade nem tampouco errado considerar nosso preparo para a ação nas Bibliotecas, mas a que custo?
Precisamos ser passivos quanto ao que nos propõem? 
No intuito simplesmente do pegar ou largar? 
Isso tem que mudar pessoal, tem que mudar!

Entrei em contato com a Prefeitura de Bastos, o CRB 8 e por último o SINBIESP. O primeiro e último ainda não responderam, mas uma fiscal do CRB informou que as providências estão sendo tomadas e que eu poderia denunciar junto ao Sindicato e foi o que fiz.

Embora não seja na minha área regional, sinto-me impactado e motivado a reivindicar uma postura correta por parte dos contrantes! Espero o apoio de todos aqueles que buscam uma Biblioteconomia melhor para si e para todos!

Sites e contatos diretos para os responsáveis:
https://www.bastos.sp.gov.br/ - ouvidoria@bastos.sp.gov.br
http://www.sinbiesp.org.br/ - administrativo@sinbiesp.org.br / juridico@sinbiesp.org.br 
http://www.crb8.org.br/ - crb8@crb8.org.br

quinta-feira, 14 de junho de 2018

CONCURSO IPHAN


O INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL está com edital de concurso público objetivando o provimento de 411 para cargos de nível médio e superior.

Do total de vagas 104 para analista l e 176 para técnico l (nível superior) e 131 para auxiliar institucional (nível médio).

Os cargos de analista são para profissionais graduados ou com pós-graduação em áreas pertinentes as demandas do instituto.

Para biblioteconomia é requerido apenas o nível superior. A quantidade de vagas está disposta na área 5 do edital nas páginas 43 e 44 e na página 34 é possível verificar os conhecimentos específicos para o cargo.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e o salário R$ 5.035,29.

A banca responsável é a CESPE.


Confira o edital.




segunda-feira, 15 de maio de 2017

Pense, faça inovação, veja o progresso


Por vezes temos contemplado o desenvolvimento das grandes empresas. Seus projetos, seu progresso, toda estratégia traçada, sua publicidade, campanhas de marketing vislumbrando atingir resultados, evidentemente.

É importante compreender que tudo teve um início! 
Todos nós tivemos de nascer, correto?

Imagine brotar uma ideia ainda que em meio ao descrédito, ao pessimismo? Pois é! Isso é possível!

É importante investir credibilidade, tempo, capacitação, buscar conselho para ver o fruto do trabalho!

Não vale a pena dar crédito ao pensamento: Outros já fazem a mesma coisa! E o que tem isso? Faça semelhante a eles ou elabore algum diferencial, não se ensoberbecendo, é claro, mas faça a sua parte, pois todos podem ir adiante!

Analisemos por exemplo as corporações, o surgimento das startups! Pessoas com as áreas semelhantes ou não que de repente se unem, cada um cuidando de uma parte, e criam um mercado voltado a atender dado público, sendo este inovador ou não.

Mas o que tudo isso tem a ver com a Biblioteconomia?
Vamos lá!

Já até falei de algo semelhante outras vezes, mas é o seguinte:

O bibliotecário que olha mais além pode romper as barreiras da estagnação. Digo isso, pois temos diversas ferramentas a nosso dispor. Temos público, a web, o computador, o tablet, o smartphone, a boca para falar e tudo isso em conjunto forma um conjunto de possibilidades de desenvolvimento, novas perspectivas e ampliação das áreas de atuação!

Eu nem vou falar aquelas coisas conhecidas sobre o que se pensava e de certa forma ainda se pensa sobre o que é ser bibliotecário, não mesmo.

Conhece bem o sistema da sua biblioteca?
Desenvolveu algo inovador nela?
A Biblioteca faz parte de uma rede onde você tem ideias que podem ser compartilhadas e transformadas em boas práticas?

Aproveite! Passe adiante!

Algo a que sempre me remeto é a web 2.0, que atualmente já ingressa na 3.0! Acredito que as ferramentas nela contidas não servem simplesmente para bater papo, postar fotos e outras coisas, mas são canais abertos para agregar novas formas de negócio.

É ambiente para compartilhamento de propostas, de ideias, de trocas de experiências, afinal trata de interação.

Imagina se você desenvolve uma pesquisa a partir de uma formulário elaborado no Google Drive, transforma num artigo, publica numa revista, transforma num treinamento e percorre outros lugares levando conhecimento para diversos seguimentos, multiplicando ideias benéficas para a sociedade! É uma boa não é?

Aprenda a utilizar softwares de edição de imagens, de vídeos, crie um blog, um perfil no instagram e siga em frente! Ponha a Biblioteca na rede, mostre aos alunos e ao corpo administrativo algum diferencial e onde vocês podem chegar.

Se a visão desse pessoal for fechada não se deixe abalar! Persevere e se não for onde você está será noutro lugar!


Alex Salustino
Administrador Divulga Biblio